quinta-feira, 24 de maio de 2018

Notícia - Falta investimento para que Portugal ganhe “preponderância” no setor agrícola, diz diretor-geral da Vitacress


A falta de investimento é razão pela qual Portugal “ainda não tem preponderância” no setor agrícola. Quem o diz é o diretor-geral da Vitacress, Luís Mesquita Dias, que em declarações à Lusa afirma que durante muitos anos, a agricultura nacional esteve “bastante abandonada”.

O responsável da Vitacress acrescenta ainda que Portugal “nunca terá capacidade para grandes quantidades” de produção para competir com países que produzem em maiores volumes, contudo, poderá distinguir-se “através da aposta na qualidade dos produtos”.

“Faltam ainda muitos recursos para apostar nos mercados externos. As presenças [internacionais] custam muito dinheiro e, se compararmos o nosso setor ao do vinho, os investimentos [do setor vinícola] são muitíssimo superiores aos que os hortofrutícolas fazem e, no entanto, os hortofrutícolas exportam quase o dobro que o vinho”, defendeu.

O diretor-geral da Vitacress diz ainda que as ações realizadas no país demonstram que Portugal “tira partido do dinheiro investido no mercado”, mas se houvesse um incremento nos investimentos “os resultados seriam melhores”.

https://www.vidarural.pt/producao/falta-investimento-para-que-portugal-ganhe-preponderancia-no-setor-agricola-diz-diretor-geral-da-vitacress/
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares